LG apresenta relatório trimestral de finanças

0
148

Era pra ser mais um dia como qualquer outro, se não existisse um grandioso adendo: a LG publicou, hoje (04/05), o relatório financeiro do primeiro trimestre desse ano. Desde 2016, é a primeira vez que a LG fala de positividade no mercado móvel, que detalho logo abaixo. A divisão de Home Appliances cresceu 10% frente a 2016, com receita de 4,02 bilhões. A receita geral ficou em 12,70 bilhões de dólares e superou 2016, ano obscuro para a empresa, em 9,7%.

A divisão móvel, de maneira surpreendente, teve um aumento de 4% na receita frente ao mesmo período do ano passado. A LG enviou “apenas” 14,8 milhões de smartphones e, pasmem novamente, o mercado que mais cresceu foi o das Américas, com alta de 10%. Esta alta pode ser explicada pelo lançamento do LG G6, que fez a LG pensar tudo do zero e refinar o topo de linha. Enquanto isso, no Brasil: o G6 custa 4 mil reais e já pode ser encontrado por 500 reais a menos, e até preços que beiram os 3 mil reais. Com cerca de uma semana de lançamento, vale ressaltar bem.

O restante também pode dizer que vai muito bem, obrigado: na divisão de TVs e afins, a LG apresenta o maior lucro operacional da história (no primeiro trimestre), com 3,75 bilhões de dólares com o aumento das vendas de produtos premium e na melhoria na estrutura de custo. As Américas continuam alavancando a LG, apostando nas TVs Ultra HD e OLED. A divisão de componentes de veículos com alta de 48% no mesmo período de 2016 (algo como 759,2 milhões de dólares), com novos investimentos em pesquisa e desenvolvimento.